sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Devocional de Novembro



"Tendo escutado esse discurso, o jovem se afastou entristecido, pois era detentor de muitas posses" Mt 19:22


Conversar com Jesus era sempre uma oportunidade de aprendizado. Mas também representava algum risco de vermos nossas bases repentinamente podadas por uma palavra tão potente como golpe certeiro de foice afiada. Numa dessas, o jovem, aquele que era detentor de muitas fortunas, saiu profundamente entristecido. Ele julgava que cumpria a Lei, mas sabia em seu interior que algo faltava. "Vende tudo e me segue!" - Disse o mestre. Logo isso? Sua incapacidade tinha sido descoberta.

Nós também nos achegamos a Jesus para nossas conversas diárias com algumas expectativas que podem ser frustradas. Ele frequentemente aparece, nas páginas da Bíblia, convocando-nos a ações que não nos vemos capazes de realizar. Logo isso? Como o jovem rico, podemos tender à tristeza. Mas, diferente dele, não podemos nos afastar do grande Mestre. Aí está o grande erro, pois a conversa continua. Logo, ele dirá que o que é impossível para os seres humanos é possível para Deus. 

Será que o jovem, aquele de vastas posses, não ouviu de alguma forma essas palavras? Será que não soube do bem mais precioso, que não podemos possuir, mas que nos possui e nos leva para o verdadeiro Reino Eterno, a Graça Maravilhosa? A conversa com Jesus não deve ser interrompida abruptamente, pois se dele percebemos a expectativa de que sejamos melhores, logo percebemos também a grandeza de sua misericórdia. Assim, tranquilos, prosseguimos tentando fazer o melhor, mas confiando que, pra todos os efeitos, é Ele quem fez o que tinha que ser feito para nos garantir a entrada. Ora, o que era impossível para nós, humanos, se mostrou possível para Jesus, Deus, morto em nosso favor.

Fragmento de oração (junte este caco a tantos outros e faça sua prece)

Senhor, não consigo ser bom sempre. Mas dou graças a ti, pois sei que não é no meu proceder que se encontra a razão de minha salvação. Não é pelo meu bom comportamento que sou acolhido em seus braços, mas sim pela morte de Jesus na cruz, que faz o impossível tornar-se possível. Obrigado.



Devocional concebido em conversa com o Fábio (Casal 20).


2 comentários:

  1. Meu Deus, Cesar, que texto sincero! Amei! Simples, doce, maravilhoso, poxa, alimentou meu coração: mensagem para se guardar pelo resto da vida.

    Faço da tua linda oração a minha também!

    Abraços sempre afetuosos.

    E glórias ao nosso bom Deus que tudo pode.

    Fábio.

    PS - Vou copiá-la para postá-la mais adiante no meu blog (indicando sua autoria e blog). Tudo bem?

    ResponderExcluir
  2. Que bom que te fez bem, Fábio.

    Fique à vontade para aproveitar o texto como quiser.

    Que o Senhor nos abençoe, irmão.

    Abraço fraterno,

    Cesar

    ResponderExcluir