terça-feira, 4 de outubro de 2011

Já vem perto o Natal!

Sim, ainda não vi os tradicionais ornamentos nas vitrines. Mas comecei a ensaiar com o coral de minha Comunidade para uma cantata programada para o primeiro domingo de advento. Quando entoamos os primeiros versos de uma dessas canções, é como se nossa alma reconhecesse o tempo especial que está por chegar.

Chegam também, à nossa memória, várias canções que entoamos nos anos passados. Entre elas, todas especiais, uma me agradou de modo especial no último natal: Oh Noite Santa!. O que mais me atrai nela é a maneira completa em que apresenta o nascimento do Salvador, sua confissão de fé segura e bem definida, além da forte música e as notas altas (que trabalho deu para nós tenores!). Encontrei uma versão da mesma cantada pelo coral do King's College de Cambridge (Com órgão de tubos, que é um negócio muito legal de se ouvir. Pena que poucas igrejas no Brasil o tenham.). Apresento-a, então, como uma primeira de muitas canções de Natal que devo postar até 25 de Dezembro. 

Aproveito para adiantar o tom que procurarei seguir neste período: O Natal não é dia exato do nascimento de Jesus (eu sei e todos sabem), mas é um momento oportuníssimo para falar dele. A grande mídia tenta universalizar a data, referindo a ela como "festa de fim de ano", tentando ao máximo esconder o aniversariante. É contra isso que me levanto. É contra isso que convoco o canto.


E acrescento mais essa dessa garotinha fofa cantando super bem:


A letra em inglês, que segue abaixo, é uma tradução meio livre do original francês. O coral a canta completa. A garotinha executa uma versão um pouco diferente.

 

O Holy Night! The stars are brightly shining,
It is the night of the dear Saviour's birth.
Long lay the world in sin and error pining.
Till He appeared and the Spirit felt its worth.
A thrill of hope the weary world rejoices,
For yonder breaks a new and glorious morn.
Fall on your knees! Oh, hear the angel voices!
O night divine, the night when Christ was born;
O night, O Holy Night , O night divine!
O night, O Holy Night , O night divine!

Led by the light of faith serenely beaming,
With glowing hearts by His cradle we stand.
O'er the world a star is sweetly gleaming,
Now come the wisemen from out of the Orient land.
The King of kings lay thus lowly manger;
In all our trials born to be our friends.
He knows our need, our weakness is no stranger,
Behold your King! Before him lowly bend!
Behold your King! Before him lowly bend!

Truly He taught us to love one another,
His law is love and His gospel is peace.
Chains he shall break, for the slave is our brother.
And in his name all oppression shall cease.
Sweet hymns of joy in grateful chorus raise we,
With all our hearts we praise His holy name.
Christ is the Lord! Then ever, ever praise we,
His power and glory ever more proclaim!
His power and glory ever more proclaim!

 

2 comentários:

  1. Tudo isso é muito bom.
    E que tal uma salada de bacalhau com grão de bico e cebola caramelizada???Hummmmmmmmmmm
    Paz!

    ResponderExcluir
  2. É sim, Anselmo! Ah, é claro... Temos que falar também sobre comidas desta época! Deu até fome!
    Abraço já quase natalino!
    Cesar

    ResponderExcluir